Foco do Orçamento Impositivo não deveria ser as emendas parlamentares

A Comissão de Constituição e Justiça adiou para a próxima semana a votação da Proposta de Emenda à Constituição(PEC) que estabelece o Orçamento Impositivo. Na reunião de hoje, houve um pedido de vista coletiva para que os senadores pudessem analisar melhor a proposta. Para o senador Alvaro Dias(PSDB/PR), o foco do Orçamento Impositivo não deveria ser as emendas parlamentares. “Temos que considerar que governo competente não precisa de orçamento impositivo, e hoje a execução do orçamento é uma lástima.As emendas parlamentares são objeto de barganha político, mas, se elas existem, deveriam ser impositivas.O ideal seria que não existissem”, disse.(Postado por Cristiane Salles-assessoria de imprensa)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.