Daily Archives: 3 de outubro de 2013

Críticas ao “quem dá mais” e ao mercado aberto de parlamentares

feira livreUm balanço parcial, na tarde desta quinta-feira, revela que 44 deputados e um senador já trocaram de partido nos últimos dias, seguindo principalmente para os recém-criados Pros e Solidariedade. Os números finais do troca-troca partidário, entretanto, devem mudar até o próximo sábado, data fatal imposta pela legislação para filiações de eventuais candidatos às próximas eleições. No Plenário, o senador Alvaro Dias condenou o leilão que está sendo realizado pelas agremiações, chamando-o de “picaretagem explícita”. Para o senador, o Congresso, ao não aprovar uma ampla reforma política, é conivente com a transformação da atividade política em mero comércio eleitoral. “Lideranças estão sendo leiloadas, na base do ´quem paga mais´. Isso é um escândalo, e revela que os parlamentares não priorizam a construção de partidos verdadeiros. Há um mercado aberto, uma feira, onde o tempo de TV e a parcela do fundo partidário são as moedas principais. As pessoas de bem não aceitam isso, pois é uma afronta à inteligência dos brasileiros. O Congresso é responsável por essa situação, por não aprovar uma reforma política que ofereça um modelo adequado às exigências do povo brasileiro”, afirmou o senador Alvaro Dias. (Postado por Eduardo Mota – assessoria de imprensa)

Debate com acadêmicos na UNISO

unisoO senador Alvaro Dias(PSDB/PR) participa, nesta sexta-feira(04/10), em Sorocaba(SP), de um debate sobre a conjuntura política com graduandos da UNISO – Universidade de Sorocaba. O senador foi convidado pelo Reitor, Fernando de Sá Del Fiol, e pelos coordenadores e presidentes dos centros acadêmicos dos cursos de graduação em direito e jornalismo. A UNISO é um dos maiores pólos de educação da região, com mais de 400 professores e 13 mil alunos. “Temos o ambiente perfeito para abrirmos as portas de nossa casa para tamanho aprendizado e experiência. Queremos recebê-lo como lhe é merecido e justo, com reconhecimento pelos serviços prestados ao Brasil e ao símbolo de trabalho árduo por instituições fortes e o engrandecimento do Estado Democrático e de Direito”, disse o Reitor no convite encaminhado ao senador. O debate está marcado para às 10h(Postado por Cristiane Salles-assessoria de imprensa)

Na Rádio Câmara, debate sobre projeto que acaba com embargos infringentes

stf-“Estamos vivendo um momento crucial na vida do País, em que a população espera o marco de um novo rumo de reabilitação da crença de que a justiça derrotará a impunidade. Portanto, acredito que existem amplas condições de aprovarmos esta proposta que acaba com os embargos infringentes no Supremo Tribunal Federal, contribuindo para que seja dada maior celeridade aos procedimentos e processos judiciais, especialmente quando envolvem autoridades”. Quem afirma é o senador Alvaro Dias, em entrevista à Rádio Câmara. Na conversa, o senador comenta sobre o projeto de lei que apresentou, que acaba com o recurso dos embargos infringentes para decisões do STF. O projeto de Alvaro Dias altera a lei que institui as normas para processos que tramitam no STJ e no STF e extingue os infringentes. Para o senador, o cenário atual é diferente do vivido pelo País em 1998, quando o Congresso rejeitou a proposta apresentada pelo então presidente Fernando Henrique para o fim dos embargos. “O Congresso errou naquela época, e certamente uma dose de corporativismo pesou naquela decisão. Esses embargos infringentes constituem recurso totalmente incompatível com o julgamento de ações penais originadas pelos tribunais”, afirmou o senador. Ouça na íntegra. (Postado por Eduardo Mota – assessoria de imprensa)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.