Incompetência do governo na fiscalização, bilhões no ralo da corrupção

dinheiro-pelo-raloO governo não tem controle da aplicação das verbas públicas, e não mostra a menor competência para realizar auditorias internas como forma de saber se os recursos estão sendo utilizados corretamente ou não. Esta crítica, feita pelo senador Pedro Simon (PMDB-RS) na Tribuna do Plenário, foi elogiada e destacada por Alvaro Dias. Além de concordar e considerar grave a afirmação de Simon, o senador Alvaro Dias salientou que o Estado brasileiro tem se mostrado incompetente para evitar o desvio de dinheiro público e a corrupção, apesar de todos os órgãos existentes para esse fim. “Temos mecanismos de fiscalização e controle teoricamente extraordinários, como um Ministério Público independente, uma Polícia Federal competente, os órgãos de fiscalização e controle do Poder Executivo, a Controladoria-Geral da União, a Comissão de Ética da Presidência. Apesar de todo este aparato, verificamos que a corrupção é escancarada, há uma nítida conivência, uma cumplicidade, e assim bilhões de reais do contribuinte são desviados”, afirmou o senador Alvaro Dias. (Postado por Eduardo Mota – assessoria de imprensa)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.