Daily Archives: 27 de setembro de 2013

O aumento do analfabetismo e o financiamento da educação no PNE

analfabetismoPela primeira vez em quinze anos, o índice de analfabetismo cresceu no Brasil. É o que mostra a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), realizada em 2012 e divulgada hoje pelo IBGE. Em um ano, o índice dos que não sabem ler nem escrever passou para 8,7%, ou seja, o país ganhou 300.000 analfabetos, totalizando 13,2 milhões de brasileiros. O Nordeste foi o principal responsável por elevar a taxa nacional – é onde moram 53,8% de todos os analfabetos do país. O senador Alvaro Dias(PSDB/PR), relator do Plano Nacional de Educação(PNE), já anunciou a realização de audiência pública com representantes do governo e da sociedade civil para discutir, principalmente, o financiamento da educação. “Hoje os municípios estão sobrecarregados com a redução dos recursos do FPM. E muitas cidades dependem desses recursos para o investimento em educação, que deve ser uma prioridade”, disse(Postado por Cristiane Salles-assessoria de imprensa)

Em destaque, a defesa intransigente do Paraná e de sua população

bandeira-paranaNa entrevista que concedeu à Rádio Banda B, de Curitiba, o senador Alvaro Dias enumerou alguns dos diversos projetos que apresentou e defesas nas quais se engajou no Congresso nos últimos anos em favor dos paranaenses. O senador ressaltou que também no cumprimento da missão que assumiu de combater o assalto aos cofres públicos, atua em favor do Paraná e para que deixem de ser desviados recursos para áreas vitais como saúde, segurança pública, educação e obras de infraestrutura. “O Paraná está sempre em primeiro lugar no cumprimento do meu mandato. Eu represento os interesses dos paranaenses inicialmente combatendo o roubo ao dinheiro do povo. Também defendo ardorosamente o meu Estado na busca por mais recursos para a administração atual. Em dezembro de 2010, por exemplo, empreendi um entendimento com a liderança do governo e consegui a aprovação de um projeto que evitou que o Paraná tivesse que desembolsar R$ 1,7 bilhão anual a partir de 2011”, explicou o senador. Na entrevista, Alvaro Dias relatou algumas de suas ações que beneficiaram o Estado, como o seu projeto que impôs mudanças na lei do salário-educação, que levou ao aumento de 120% dos recursos a serem repassados às escolas do ensino fundamental. Outra ação lembrada foi a luta pela aprovação de empréstimos ao Estado que ajudaram na recuperação da sua capacidade financeira, a criação do Tribunal Regional Federal, a relatoria do projeto da Estrada do Colono, a batalha para que o Paraná não perdesse recursos do ICMS, entre outros. (Postado por Eduardo Mota – assessoria de imprensa)

Compromisso de combate à corrupção e luta contra roubo do dinheiro do povo

entrevista-radio-banda-bEleições nacionais e regionais, criação de novos partidos e filiações de última hora, reforma política, o combate ao modelo do balcão de negócios para garantir a governabilidade, perspectivas para a disputa de 2014, defesa do Paraná no Congresso. Esses foram alguns dos temas abordados pelo senador Alvaro Dias na entrevista que concedeu na manhã desta sexta-feira à repórter Denise Melo, da rádio Banda B de Curitiba. Na entrevista, o senador confirmou sua intenção de concorrer ao Senado, e de se manter firme na luta contra a corrupção e no combate ao sistema de barganha que domina a relação entre Executivo e Legislativo. “Estamos vendo a criação de novos partidos como se criassem uma ninhada de gatos. Agora dois novos partidos surgem, e nem podem ser chamados de partidos, porque são siglas para registro de candidaturas, sem qualquer identidade programática. Por esse e outros motivos que a população exige uma mudança na cultura política. O povo, nas ruas, pediu não uma reforma política, mas uma reforma dos políticos. O povo acordou e foi para as ruas, mas os políticos ainda não acordaram, por isso afirmo que continuarei cumprindo minha missão principal de combater este sistema, de combater o roubo, o assalto ao dinheiro público, a corrupção, porque poucos têm a coragem de fazê-lo. Como poucos têm coragem de combater a corrupção, assumo esta responsabilidade com maior ênfase”, afirmou o senador. (Postado por Eduardo Mota – assessoria de imprensa)

Ouça a entrevista:

Os principais fatos da semana no Congresso

A semana política começou com uma iniciativa que tem o objetivo de acabar com as dúvidas em relação a recursos de condenados no Supremo Tribunal Federal: o projeto apresentado pelo senador Alvaro Dias(PSDB/PR) que extingue os embargos infringentes. Outros assuntos que dominaram os debates no Congresso foram o pacto federativo; a PEC da música; a regulamentação da profissão de vaqueiro e a criação de dois novos partidos políticos. A semana também teve cobrança de mais rigor e fiscalização nas ONGs e elogios à iniciativa do ex-presidente do Conselho Regional de Medicina do Paraná, que renunciou por não concordar com as regras do programa Mais Médicos. O debate que ganha força, a partir de agora, é o Plano Nacional de Educação(PNE) que terá Alvaro Dias como relator(Postado por Cristiane Salles-assessoria de imprensa)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.